Minientrevistas e Artigos

Publicado em 09 de dezembro de 2020

Na segunda-feira passada, publiquei uma tirinha sobre emoções que podem ajudar na busca por conhecimento (as chamadas “emoções epistêmicas”). Hoje tenho o prazer de divulgar uma pesquisa sobre o papel de emoções na formação de uma vida bem vivida, conforme a ética de Aristóteles. Quem fala sobre isso nas imagens publicadas é Thaiani Wagner, doutoranda em Filosofia pela Universidade Federal do Rio Grande de Sul (UFRGS). Boa leitura!

Pode ser uma imagem de 1 pessoa, pelo, casacos e jaquetas e texto que diz "ENTREVISTA DA SEMANA ÉTICA; ARISTÓTELES; HÁBITO; RAZÃO; EMOÇÃO THAIANI WAGNER UFRGS FILOSOFIAASERIO"
Pode ser uma imagem de casacos e jaquetas e texto que diz "arrasta pro lado 1)QUE o QUE TEM PESQUISADO? Desde o mestrado, venho trabalhando com os principais conceitos abordados por Aristóteles na sua ética. Depois de investigar com mais cuidado, na minha dissertação, definição de virtude do caráter exposta pelo filósofo no tratado da Ética Nicomaquéia, ingressei no doutorado desejando compreender como uma vida bem vivida (isto é, uma vida eudaimonica se relaciona com o desen- volvimento das virtudes de caráter através do hábito, pautado tanto por um treinamento nas ações nobres quanto pela educação moral que envolve, também, uma educação das emoções. FILOSOFIAASERIO"Nenhuma descrição de foto disponível.Pode ser uma imagem de casacos e jaquetas
%d blogueiros gostam disto: