Filosofia da ciência: por onde começar?

Publicado em 09 de janeiro de 2022

Livros introdutórios são uma boa porta de entrada à filosofia da ciência. Em português, talvez os mais conhecidos e de mais fácil acesso sejam “O que é ciência afinal?” do A. Chalmers e “A ciência e as ciências” do G. Granger.

Outros livros introdutórios porém mais atualizados e um pouco mais avançados são: “Introdução à filosofia da ciência” da L. Bortolotti e “O desenvolvimento moderno da filosofia da ciência (1890–2000)” de C. Moulines.

Na leitura desses livros, você certamente irá encontrar alguns termos bem específicos da filosofia. Para entendê-los melhor, vale a pena consultar algum dicionário de filosofia (como o do F. Mora) ou os verbetes online da Stanford Encyclopedia of Philosophy (https://plato.stanford.edu/).

Vários desses verbetes foram traduzidos pela série “Investigação filosófica” da editora UFPEL, como ciência e pseudociência, objetividade científica, método científico, as dimensões sociais do conhecimento científico, modelos na ciência, representação científica, simulações computacionais na ciência…
https://wp.ufpel.edu.br/nepfil/serie-investigacao-filosofica/

Uma sugestão de livro em inglês e talvez um dos mais completos é “Theory and Reality” do P. Godfrey Smith. Por fim, uma pequena lista de outros de que fui lembrado através da interação com colegas no post:

  • “Representar e Intervir: Tópicos Introdutórios de Filosofia da Ciência Natural” do Ian Hacking;
  • “Ciência: conceitos-chave em filosofia” do Steven French;
  • “Imagens de natureza, imagens de ciência” e “Método & Ciência: uma abordagem filosófica” do Paulo Abrantes;
  • “A fabricação da ciência” outro do A. Chalmers; e
  • “Philosophy of Science: A Very Short Introduction” do Samir Okasha (há uma tradução ainda não publicada disponível na internet).

Boa leitura!